21 de janeiro de 2006

Terremoto, insônia e quebra-cabeça

Sleep...Uma mulher que não dorme e passa a aproveitar plenamente a vida durante à noite, deixando para o dia as tarefas ordinárias da sua vida de dona de casa. Outra mulher que num passeio de roda-gigante avista a janela do seu apartamento e se vê envolvida numa ação de amor desmedida – ela desmaia e acorda com os cabelos completamente brancos.
Depois de passar pela leitura de qualquer um dos textos de Haruki Murakami, sinto-me chacoalhada. Suas histórias contém um fantástico absolutamente real, pois trata-se da invasão e exposição da psique humana escondida pela armadura do cotidiano ocidental. Um terremoto em escalada avassaladora tira-nos do eixo. Indico o romance Minha Querida Sputinik, uma espécie de reescrita do filme A Aventura, de Antonioni, e os contos do livro The Elephant Vanishes. A literatura japonesa é realmente excepcional, seu tempo é diferente, sua estética minimalista e cheia de significações, com ingredientes inusitados.
Ficha Técnica
Minha querida Sputiniki
Ano: 2003
Autor: Haruki Murakami
Tradução: Ana Luiza Dantas Borges
Editora: Objetiva
The elephant vanishes
Ano: 1994
Autor: Hauki Muakami
Tradução para o inglês de alguns originais em japonês: Jay Rubin e Alfred Birnbaum
Editora: Vintage
Páginas: 327

Nenhum comentário: