29 de janeiro de 2009

Campanhas Nacionais de Incentivo à Leitura e Conservação do Livro

Publishnews - 29/01/2009
A Prefeitura de Botucatu (SP), através da Secretaria Municipal de Cultura, lança nesta quinta-feira, dia 29, o Programa de incentivo à leitura Livro Livre, com proposta de disponibilizar livros em lugares de fácil acesso para a população. Conforme matéria publicada no portal Entrelinhas, os espaços serão instalados nos pontos de ônibus da cidade e os displays confeccionados em tecido para armazenar o material, com visor transparente. No primeiro momento, três pontos de ônibus a serem definidos receberão o programa, indica a matéria.
Publishnews - 29/01/2009
Um hospital de Salvador, na Bahia, está promovendo uma ação para incentivar o hábito da leitura entre seus colaboradores. Através do Clube do Livro, o Itaigara Memorial Hospital Dia disponibiliza livros que vão de títulos técnicos a romances, além de revistas. A ideia é estimular o lazer e a diversão, contribuindo com a qualidade destes momentos e incentivando hábitos saudáveis. Para ampliar as opções de títulos, o Itaigara Memorial ainda estimula os colaboradores que façam a doação de livros, para que o acervo seja ampliado.
PublishNews - 29/01/2009 - Por Redação
Com a proposta de estimular os alunos a cuidar do livro didático e compartilhar conhecimento, a Secretaria Estadual de Educação e Cultura do Piauí (Seduc) vai orientar os diretores, professores e coordenadores pedagógicos, para desenvolverem atividades sobre a importância da conservação dos livros didáticos. De acordo com o Portal 45 graus, cerca de 819 escolas de Ensino Fundamental e Médio da Rede Estadual, das 21 Gerências Regionais da Educação, estarão envolvidas no sentido de organizar em suas respectivas unidades de ensino, reuniões e palestras para viabilizar o êxito da Campanha de Conservação do Livro Didático. A gerente de Gestão e Inspeção Escolar da Seduc, Maria do Carmo Marques, destaca que os livros destinados aos estudantes, através de convênio com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), têm uma durabilidade de três anos e os exemplares, ao serem devolvidos em bom estado de conservação, são reutilizados por novos estudantes.

2 comentários:

Zandali disse...

nélida...
passo alguns dias sem vir aqui e olha quanta novidade!!! até livro no celular!? quanta coisa rica!!

obrigada por trazer as notícias literárias sempre fresquinhas para o mundo blogueiro!

beijos e bom final de semana!

Nelida Capela disse...

Adoro suas visitas Zandali. Tenho visita o Clube da Luluzinha também. Adoro frequentar os amigos da rede. Beijos.