15 de janeiro de 2009

Entre Aspas indica sua leitura

"Carreguei Jano até o sofá. Os olhos entreabertos, virados para o teto,me assustaram.Chumaços de algodão, em frasco de álcool e duas ampolas quebradas sobre a mesa de centro. Subi até os quartos. Ninguém. Procurei Macau nos fundoas da casa, não vi o DKW. Quando voltei, Fogo farejava a cabeça do dono. Gemeu, erguendo os olhos amarelos e murchos para mim. Peguei o pulso de Jano e senti uma palpitação fraca, demorada. Não sei quanto tempo fiquei ali, ouvindo ganidos, perto dos dois: quatro olhos que já não se encontravam.Parecia que toda uma época se deitara para sempre”. Milton Hatoum in Cinzas do Norte .
Fico muito feliz e só tenho a agradecer o carinho do meu leitor Arquilau, por ter me concedido a possibilidade de ler esse romance fabuloso. Como muito bem descrito na orelha: belo, amargo e maduro. Adorei. O livro foi um presente de um leitor querido depois de ter me visto postar um outro texto de Hatoum. Já naquele gostei muito do modo de escrever e das palavras escolhidas. Neste romance, isso se reafirmou. Brasileiro, com impressões nacionais fortes de Manaus e Rio de Janeiro, conta a história de dois amigos, Lavo e Mundo, que perdurou pela vida toda e quem sabe além, unidos pelos traços dos desenhos e palavras. É uma história densa, profunda, muito marcante e que prende do início ao fim. Gostei muito e com certeza, vou ler mais do autor. O próximo é Dois Irmãos, está na lista das próximas leituras. (Texto de Lyani na íntegra)
Sobre Milton Hatoum :Descendente de libaneses, ensinou literatura na Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e na Universidade da Califórnia em Berkeley. Escreveu quatro romances: Relato de um Certo Oriente, Dois Irmãos, Cinzas do Norte (vencedor do Prêmio Portugal Telecom de Literatura e todos os três primeiros ganhadores do Prêmio Jabuti de melhor romance) e Órfãos do Eldorado. Seus livros já venderam mais de 200 mil exemplares no Brasil e foram traduzidos em oito países.
(Fonte: Wikipedia)

2 comentários:

lyani disse...

Que honra ver minhas humildes palavras aqui!
Obrigada :)
bjos

Nelida Capela disse...

Obrigada você por compartilhar com Lector in Fabula!