12 de janeiro de 2009

Palestra de Adélia Prado sobre Arte

Recebi da ceramista carioca Patricia Hubbard uma palestra de Adélia Prado sobre a arte. O vídeo tem aproximadamente 57 minutos - é uma palestra mesmo. Gostaria de compartilhar com vocês. Convido a todos para assistirem.
Fonte: Sempre um bom papo
Para quem não conhece Adélia Prado, um dedo de informações:
Nascida em Divinópolis, Minas Gerais. Professora, começou a escrever em 1950, após a morte de sua mãe, Ana Clotilde Corrêa. Em 1973 forma-se em filosofia, um ano após a morte de seu pai, o ferroviário João do Prado Filho.Por essa época, entediada de seu próprio estilo, começa a escrever de forma torrencial, dando veios às influencias literárias recebidas das leituras de Drummond, Guimarães Rosa, Clarisse Lispector.
Poesia Bagagem, Imago - 1975 O Coração Disparado, Nova Fronteira - 1978 Terra de Santa Cruz, Nova Fronteira - 1981 O Pelicano, Rio de Janeiro - 1987 A Faca no Peito, Rocco - 1988 Oráculos de Maio, Siciliano - 1999 Prosa Solte os Cachorros, contos, Nova Fronteira - 1979 Cacos para um Vitral, Nova Fronteira - 1980 Os Componentes da Banda, Nova Fronteira - 1984 O Homem da Mão Seca, Siciliano - 1994 Manuscritos de Filipa, romance, Siciliano - 1999 Filandras, contos, Record - 2001

Nenhum comentário: