29 de janeiro de 2009

Tão Ontem como pretexto para falar do leitor

Tão Ontem, de Scott Westerfeld , é um livro para jovens. Foi lançado pelo selo Galera, da Editora Record. Mas vocês sabem, eu sou uma leitora sem preconceitos. Leio livros para crianças-adultos e leio também livros para jovens-adultos. Um dos direitos do leitor: ler o que lhe der na "telha", sem preconceitos se é Paulo Coelho, escritora indiana ou o quem quer que seja. O leitor também tem o direito de não gostar do livro e abandoná-lo, como aconteceu com Keila Vieira, do blog Talhos&Retalhos, que não gostou do livro A Mulher que Escreveu a Bíblia, de Moacyr Scliar. A mesma coisa aconteceu com outra blogger-leitora que abandonou Quando Nietzsche Chorou. "Só porque todo mundo está lendo, não significa que eu tenha que ler também", disse-me ela. E ela está certa. Cada autor tem uma chave para cada uma de nossas portas. Às vezes não abre. Eu, por exemplo, não passei da primeira página do Quando Nietzsche Chorou. Tem gente que não suporta José Saramago, eu adoro! Já tentei o Don Quixote e deixei para a próxima...dessa vez não dá. E vou deixar de ser gente boa por causa disso? Ler literatura de entretenimento é ótimo, tem fases que a gente não quer ler nada "pesado". Estou falando alguma sandice?
Vou falar do Tão Ontem quando terminar a leitura, agora ele foi o meu pretexto para falar um pouco de nós, leitores.
Para ilustrar o post, não resisti em colocar a querida Mafalda, de Quino.

12 comentários:

Patricia Canarim disse...

Nelida, ótimo esse post..como me identifiquei..eu sou uma leitora de lua..já tive fazes de romance, policial, teatro,humor, biografias, his´toria,..no momento ..devo estar de férias dos livros....rsrsr..mas volto, é uma prazer ler.

Nelida Capela disse...

Isso acontece mesmo. Leitores de fases, rsss.Beijos,

lilly disse...

nélida, como a patricia aí acima eu leio até bula de remédio se não tiver alguma leitura no momento com a qual eu possa me entreter. revistas de semana retrasada, livros que já li...
o livro tem que conquistar o leitor. E ele pode ser uma publicação antiga, um livro que caiu no esquecimento depois que esteve “na moda”.
"ahhh o autor está na moda", "saiu na lista dos mais bem vendidos", "fizeram um filme sobre ele" até são indicadores que ajudam na decisão.
aquela pergunta: voce já leu livro tal? não me constrange se eu não tive lido.
respondo que NÃO, pura e simplesmente.
tem até um livro muito interessante que é um resumo dos 100 principais livros que todo mundo diz que leu, (conhece)? o autor baseado no fato de que é impossivel ler tudo , fez este resuminho pra quem quer dar uma da bacana.
minha opinião é: este livro é dispensável.
não leu o livro? diga e pronto, quem sabe voce ouve uma excelente critica da outra pessoa.

Nelida Capela disse...

É isso mesmo, Lilly!O leitor pode tudo...Conheço o livro sim. Uma "mão na roda". Bj.

lilly disse...

me de o nome dele então...vou anotar...nunca se sabe...rsrsrs

Nelida Capela disse...

Lilly: Vou fazer o post e colocar os títulos, pois há mais de um.

Silvestre Gavinha disse...

Nelida,
Você leu o livro: "Como um Romance" do Daniel Pennac??
Ele fala exatamente isso.
O leitor pode tudo.
Não existem regras, fixas rígidas e invioláveis.
Eu, compro livros pela capa, pelo título e só depois olho as orelhas.
Eu leio uma porção de livros ao mesmo tempo. E abandono sim, livros que naquele momento, não me dizem nada, ou dizem o que não me toca.
As vezes, volto depois e encontro um livro totalmente novo e significativo.
Livros para mim, são vivos como pessoas. Aliás, são vidas que vivo em breves e eternos espaços de tempo. Livros infanto-juvenis, livros de criança, livros, livros, livros....= vida, vidas, vidas....
Marie

Nelida Capela disse...

Li na faculdade, assim com também tem o do Italo Calvino: "Se o leitor, numa noite de inverno". Vou trazer essa lista de livros para o Lector in Fabula.

Silvestre Gavinha disse...

Sei qual, mas esse ainda não li dele. Nem o "Porquê ler os clássicos".
Mas os Seis Propostas eu amo de paixão.
Nélida, estou pegando o selinho dos 50 livros e postando no meu blog com o primeiro livro que terminei.
Espero terminar isso hoje ainda.
Beijão
Marie

Nelida Capela disse...

Marie: envie-nos o seu comentário para publicar no Lector.Seu blog já está na Confraria, vistes?

Silvestre Gavinha disse...

Nélida,
Vi sim que meu blog está na confraria e adorei.
Postei lá no blog o texto.
Mas como faço para mandar para vocês?
Basta mandar para o teu blog???
Desculpa lá mas sou meio tansa nestas coisitas de internet. E normalmente, quando mando para alguém um texto, vai com o link e tudo, mas não com as imagens que coloco.
Vou tentar mandar via aquele ícone do envelopinho. a ver se chega.
Beijão
Marie

Nelida Capela disse...

Envia para o meu e-mail: nelida_capela@yahoo.com ou então eu posso pegar lá no teu blog.