23 de maio de 2009

Tania Capel, do Clube da Luluzinha, indica...

"Com mais de três milhões de exemplares vendidos nos Estados Unidos, O Guardião de Memórias é uma fascinante história sobre vidas paralelas, famílias separadas pelo destino, segredos do passado e o infinito poder do amor verdadeiro." Tive uma crise de consciência antes de escrever este post. Não me agrada escrever sobre livros que não gostei. Deveria então calar-me e pronto. Mas, no final das contas, todo mundo saberia - ao acompanhar dia após dia meus comentários dos 50 livros lidos em 2009, que faltou falar sobre um deles (sendo otimista e acreditando que isso não voltará a acontecer! rs). Mas, vamos lá e por algumas razões: primeiro porque esse "não gostar" é bem particular, a história não agradou a mim - o que quer dizer que poderá agradar você! Segundo que, criticar obra alheia é, particularmente, muito difícil para mim (porque sou artista e tenho como princípio que uma criação artística, seja ela qual for, merece respeito). Resolvida a questão, cá estou eu para indicar um livro que NÃO gostei. (Acho que depois de ler os australianos, israelitas, espanhóis e italianos, fica difícil ler algo TÃO americano... rs!)
"Inverno de 1964. Uma violenta tempestade de neve obriga o Dr. David Henry a fazer o parto de seus filhos gêmeos. O menino, primeiro a nascer, é perfeitamente saudável, mas o médico logo reconhece na menina sinais da síndrome de Down. Guiado por um impulso irrefreável e por dolorosas lembranças do passado, Dr. Henry toma uma decisão que mudará para sempre a vida de todos e o assombrará até a morte: ele pede que sua enfermeira, Caroline, entregue a criança para adoção e diz à esposa que a menina não sobreviveu. Tocada pela fragilidade do bebê, Caroline decide sair da cidade e criar Phoebe como sua própria filha. E Norah, a mãe, jamais consegue se recuperar do imenso vazio causado pela ausência da menina. A partir daí, uma intrincada trama de segredos, mentiras e traições se desenrola, abrindo feridas que nem o tempo será capaz de curar. A força deste livro não está apenas em sua construção bem amarrada ou no realismo de seus personagens, mas, principalmente, na sua capacidade de envolver o leitor da primeira à última página. Com uma trama tensa e cheia de surpresas, O Guardião de Memórias vai emocionar e mostrar o profundo - e às vezes irreversível - poder de nossas escolhas. "
(Texto de Tania Capel, do Clube da Luluzinha, na íntegra)
Editora: Sextante
Autor: Kim Edwards
Ano: 2007
Páginas: 368

Nenhum comentário: