31 de julho de 2009

Siempre Borges...

Tal como recomenda-se ler Cartas a um Jovem Poeta, de Rainer Maria Rilke, recomendo a leitura do Ensaio Autobiográfico, de Jorge Luis Borges, recém lançado pela Companhia das Letras. Nas páginas do ensaio é possível sentir a natureza poética e genial de Borges. É possível compreender como foi povoado o imaginário desse autor, que para passar desapercebido pelas salas da Biblioteca Nacional Argentina, escondia-se no porão, lendo sobre mitologias e outros mundos. Se numa dessas brincadeiras da internet fosse proposto a cada um de nós escolher um livro que nos representasse, eu, sem sombra de dúvida, escolheria o Ensaio Autobiográfico ou Poesia, de Borges. Então, quem quer revelar que livro representa? Fica a dica da brincadeira e a dica desta leitura maravilhosa. Mais informações no site da Companhia das Letras.

Nenhum comentário: