23 de julho de 2009

Tania Capel, do Clube da Luluzinha, indica seu 19º Livro do Ano

Olá amigos do "Desafio 50 livros em 2009" e outros leitores destas mal traçadas linhas... rs! piegas, mas adoro esse começo! rs.. Bom, vou deixar de seguir a ordem de leitura, partindo dos comentários que se encontram prontos nos rascunhos, ok?! Portanto, indico um livro que a Nelida do Lector in Fabula já havia comentado no mês de abril, se não em engano e que tive o prazer de encontrar na livraria outro dia: O Grande Mago, Christian Jaq – Bertrand Brasil, 2009.(Mozat, v.1) (409 p.)Definido como: "Uma jornada eletrizante na vida do maior compositor de todo os tempos." Não posso deixar de concordar! Eu devorei o livro...“- Trata-se realmente de uma pessoa excepcional – afirmou Otto von Gemmingen. - A sensibilidade dele não é sentimentalismo, mas compreensão do coração. O olhar de Wolfgang vê paisagens de cuja existência nem suspeitamos e acho que ele á capaz de transmitir essa visão pela música. Será que o destino irá persegui-lo por muito tempo?” (p.387)Christian Jacq, autor da série Ramsés, irá revelar em quatro volumes os laços secretos que uniam Mozart à franco-maçonaria. No primeiro, retrata a infância do compositor:“Com apenas sete anos, ele não só já havia feito longas viagens, mas também se apresentará em Praga, Viena e Frankfurt. Esse menino tinha um segredo que lhe dava forças quando se sentia muito cansado, um tesouro só dele.”Aguardamos lançamento do Vol 2. O Filho da Luz:“Primeiro uma sinfonia; depois uma serenata... Mozart não parava de compor, como se a sua vida dependesse da composição. Entretanto, essa independência desagradava profundamente o príncipe-arcebispo de Salzburgo, que exigia obediência. Mozart não desiste e se torna Aprendiz franco-maçom aos 28 anos. As Bodas de Fígaro estão a caminho...”
(texto de Zandali na íntegra)

Nenhum comentário: