20 de agosto de 2009

Novos autores traduzidos

Chega ao Brasil O rei branco (Intrínseca, 256 pp., R$ 29,90 – Trad.: Paulo Schiller), romance do escritor húngaro György Dragomán, vencedor do Prêmio Sándor Márai - que aponta os melhores autores da Hungria. Na trama, Dzsátá é um garoto de 11 anos, de algum país não especificado do Leste Europeu sob regime comunista, que narra sua história após ver o pai ser levado por "colegas de trabalho", em um domingo. Dragomán pertence à primeira geração a crescer em regime comunista, mas a chegar à maturidade após a queda do Muro de Berlim, e constrói habilmente a passagem da infância para a adolescência em um universo totalitário profundo e repulsivo.
Fonte: PublishNews

Nenhum comentário: