12 de setembro de 2009

Do Lixo, o Luxo: O Livro

Uma biblioteca tirada do lixo
Bruna Maestri Walter - Gazeta do Povo - 3/9/2009
Foi-se o tempo em que os catadores da Vila das Torres, em Curitiba, julgavam o valor de um livro pelo preço do papel que ele continha. Antes, mesmo os livros encontrados em bom estado rapidamente eram transformados pelos catadores em meras pilhas de papel. Livros em preto e branco eram os favoritos: contam como “papel limpo” e rendem R$ 0,30 o quilo. Páginas coloridas rendem bem menos: só R$ 0,03 a cada quilo coletado.No dia 3 de setembro, oficializou-se a mudança de postura na vila. Foi inaugurada uma biblioteca montada justamente com os livros encontrados no lixo. Antes mesmo da inauguração oficial, a coleção já vem mudando aos poucos a vida da população. Leia a matéria toda aqui!

3 comentários:

Zandali disse...

passei por aqui, li tudinho e até te adicionei no twitter!

na minha cidade, livros "velhos" são vendidos a R$ 2,00 no sarau da biblioteza que acontece uma vez ao mês. já comprei coisas legais! e já doei livros para serem vendidos tb... assim, eles circulam e estão ao acesso de todos!

saudades!!! ando tão ocupada!
beijos
zandali

Keila Vieira disse...

Nossa, adorei isso! Acho que livros perdidos, às vezes, nem assim são tão desmerecidos, tanta gente que nem se importa. E ainda, melhor ainda são os nomes das pessoas envolvidas, parabéns para o Baleia e para o Palhaço Chameguinho!Quero ir lá, visitar o bar de espetinhos. Se puder lhe mando fotos! Beijos!

Nelida Capela disse...

Que bom que vocês gostarma da notícia. Gente, o poder dos livros é transformador! Alguém duvida?