16 de setembro de 2009

E na Bienal...

Bienal recebeu desde ídolos das adolescentes até veteranas do texto para crianças
Da gritaria desenfreada provocada por Thalita Rebouças e Meg Cabot ao papo sereno e enriquecedor de Ana Maria Machado e Ruth Rocha, os primeiros dias da 14ª Bienal do Livro do Rio foram marcados pelas escritoras. Enquanto a brasileira Thalita e a americana Meg faziam suas fãs urrarem com um simples arrumar de cabelos, as veteranas Ana Maria e Ruth foram responsáveis, na tarde de sábado, por um dos mais agradáveis encontros do Café Literário, certamente o espaço mais bem resolvido da feira. O tema do debate era “40 Anos Formando e Encantando Leitores” e, ao longo dessa retrospectiva, Ana Maria e Ruth reconheceram que ambas tiveram o mesmo "pai literário", Monteiro Lobato. "Ele nunca teve medo de falar de questões sociais", explicou Ruth. "Em seus livros é possível encontrar temas como o petróleo, a reforma agrária, a guerra." Já Ana lembrou das diferenças de se escrever para adultos e crianças.
Fonte - 15/09/2009 - Ubiratan Brasil e Roberta Pennafort

3 comentários:

Andrew Magalhães Morais Santiago disse...

Nelida, indiquei seu blog para receber um selo. Para pegá-lo é só dar uma passada no meu blog. Parabéns!

www.andrewmagalhaes.blogspot.com

Nelida Capela disse...

Obrigada pela visita e pelo selo Andrew. Seja sempre bem vindo ao Lector in Fabula!

Cecília disse...

Oi, Nelida. Bienal é sempre uma festa, tanto para os escritores quanto para os leitotes, livreiros e grande público em geral. São dez dias respirando livro e cultura!