30 de junho de 2009

OFF FLIP 2009

O evento, que acontece entre os dias 1 e 5 de julho em Paraty, terá a participação de 75 escritores de várias partes do Brasil e do exterior, além de músicos, atores, artistas plásticos, blogueiros, radialistas, jornalistas e demais amantes da literatura. Destaques da OFF FLIP 2009: Luiz Ruffato, Guiomar de Grammont, Antonio Carlos Secchin; no Café Literário releitura da obra de Manuel Bandeira, palestra e debate: “Nos passos de Bandeira”, Profundamente Bandeira, Vivências Banderianas e a literatura na web; a Festa de lançamento do projeto de rádio digital literária Lettera Libris; o poeta paratiense sucesso no Festival de Poesia de Havana/Cuba Flávio de Araújo; a biografia de Nara Leão; o livro de poesias sobre a Estrada Real da autora mineira Ângela Leite; o sarau/projeto Arte em Andamento; o lançamento do livro “Clube da Leitura: modo de usar”, na Festa do Sebo Baratos da Ribeiro; a poesia maloqueirista; o recital com o grupo Ratos di Versos; a Ciranda Poética; a ÓperaRua; a palestra do historiador Clovis Bulcão sobre Antonio Vieira; a exposição do artista plástico e cenógrafo Marcos Irine; o encontro das comunidades Quilombola e Indígena com a Secretaria Especial de Direitos Humanos em torno do lançamento de seus livros; no novo espaço Silo Cultural o lançamento do livro, CD e DVD sobre a cultura caiçara, exposição de fotos, vídeos e culinária típica; o show de Luiz Perequê e convidados; a peça de teatro ‘Palavras na Brisa Noturna”, baseada na obra de Xinran Xue; a Mesa sobre literatura lésbica; o Movimento de Gastronomia Sustentável; o lançamento do livro “Brazilian Table”, de Yara Roberts; a cultura quilombola com jongo e degustação de culinária típica; o concerto do violonista Carlos Barbosa Lima; a sessão de autógrafos do livro “Saga Lusa” de Adriana Calcanhoto; o sarau de encerramento da Off Flip 2009 à beira-mar e mais... A homenageada deste ano é a historiadora e escritora Marina de Mello e Souza. (texto de apresentação do site da Off FLIP 2009)

Luminária para Livro

28 de junho de 2009

Taschen (2)

Compondo livros...

na comissão de frente da Timbre.
Reparem nas capas - uma riqueza em autores, cores e estampas.

Lector in Fabula indica o 10º livro de 2009

Casamento à Italiana, de Nicky Pellegrino, da Editora Prumo, me pescou pela capa e pelo prato que abre o livro : Berinjela à Parmeggiana. Antes de iniciar a leitura, fui para a cozinha preparar a berinjela. Desafiei o livro: se Nicky Pellegrino conseguisse descrever uma receita perfeitamente executável, eu poderia confiar no restante da leitura. Como escrevi no meu outro blog, o Olhar Nômade, o prato ficou perfeito! Foi servido para 5 pessoas, além de mim, que se deliciaram. Engatei a primeira e fui em frente na leitura. Eu adoro livros que criam filmes em minha cabeça. Consegui imaginar cada um dos personagens, o local onde vivem, por ondem passam. A história é sobre uma família italiana que vive um conflito com outra família italiana por motivos que só serão descobertos ao longo da leitura. Viajamos da Inglaterra dos dias de hoje para uma Itália da década de 50. Nicky descreve com delicadeza o dia a dia de jovens que foram em busca de seus sonhos numa Europa pós-guerra. O leitor é testemunha do amor que une e do orgulho que provoca exílios. Casamento à Italiana é uma leitura leve, mas intensa. Você irá rir e chorar, viver cada página e perceber que todos carregamos um pouco da história dos Martinelli e dos DeMatteo - amizade, conflito, sonhos, perseverança, obstinação, aventura. Além da descrição da paisagem italiana, o livro traz mais receitas. Eu já estou selecionando a próxima. Sem sombra de dúvida, esta foi uma leitura deliciosa, de recreio. E de vez em quando, nossa mente precisa de recreio.

27 de junho de 2009

Armando Freitas Filho na Livraria Timbre

Neste sábado, em visita à Kiki, da Livraria Timbre, Armando Freitas Filhos aproveitou e autografou exemplares do seu novo livro Lar,. Quem estava presente, não perdeu a chance de sair com livro assinado pelo autor. Corra antes que acabe o estoque autografado, pois a quantidade é retrita.

Vampiro na Livraria Timbre - só neste fim de semana!

Já está na Livraria Timbre o quarto volume da série de Stephenie Meyer, Amanhecer, com ele veio junto o display para que os leitores tirem uma foto com o seu vampiro predileto. O livro pode ser encontrado lá sempre, mas a presença de Edward é de curtíssima temporada. Fãs, aproveitem este fim de semana!

Armando Freitas Filho

Lar vírgula...novo livro de Armando Freitas Filho.
Já está na vitrine da Timbre.
Lançamento da Companhia das Letras

Mia Couto no Brasil

Tudo acontece neste momento de FLIP. Entre os escritores presentes, Mia Couto, que acaba de lançar mais um livro (texto da editora abaixo). Mia também tem participação garantida na FESTLIP 2009 - Festival de Teatro de Língua Portuguesa, tanto na abertura, dia 2 de julho, quanto no dia 3 de julho com a palestra "Metamorfose da Literatura para o Teatro", às 19 horas, no Teatro SESC Ginástico, Rio de Janeiro. Apresentação de Antes de Nascer o Mundo:Jesusalém, ermo encravado na savana, em Moçambique, abriga cinco almas apartadas das gentes e cidades do mundo. Ali, ensaiam um arremedo de vida: Silvestre e seus dois filhos, Mwanito e Ntunzi, mais o Tio Aproximado e o serviçal Zacaria. O passado para eles é pura negação recortada em torno da figura da mãe morta em circunstâncias misteriosas. E o futuro se afigura inexistente.Silvestre afiança aos filhos e ao criado que o mundo acabou e que a mulher - qualquer mulher - é a desgraça dos homens. Mas um belo dia os donos do mundo voltarão para reivindicar a terra de Jesusalém. E não só isso: uma bela mulher também virá para agitar a inércia dos dias solitários daqueles homens.Mia Couto é um dos maiores expoentes da literatura africana de expressão portuguesa. Moçambicano e amante confesso da escrita inventiva do brasileiro Guimarães Rosa, ele é um artista investido do poder mágico e poético das palavras. Mas é da alma do povo de seu país, bela, trágica, alegre, sofrida, enigmática, que este poeta da prosa extrai seu ouro universal.Em Portugal, Moçambique e Angola o livro recebeu o título de Jesusalém.

24 de junho de 2009

FLIP também faz pelo social

Flipinha atinge 5 mil alunos com o projeto Mediação de Leitura
Realizado em parceria com as escolas públicas e privadas de Paraty, o projeto Mediação de Leitura propõe leituras de histórias a crianças. Feitas por um mediador, elas têm objetivo de aproximar os estudantes dos livros e estimular a formação de futuros leitores. O projeto envolve 12 unidades escolares e atinge aproximadamente 100 turmas e cerca de 5 mil alunos. De acordo com o mediador Thêmis Corrêa, até o momento foram lidas 522 histórias de 20 autores, todos convidados da Flipinha. Para a continuação do trabalho durante o ano, a Flipinha realizou uma Oficina de Mediação de Leitura, entre os professores, para capacitação de mediadores.
Fonte: Newsletter Flipinha

23 de junho de 2009

Leituras do Lector in Fabula

Direto do Twitter Mestre SEO para o Lector in Fabula

Olha que rapidez: estou aqui no salão de Obras Gerais da Biblioteca Nacional, Twitter aberto, e-mail aberto, blogs abertos - completamente receptiva, produtiva e operante. De repente chega o post Twitter com pesquisa interessante da Bullet sobre o Twitter no Brasil. Surgiro a leitura. Você ainda pode participar da pesquisa enviando comentários.

22 de junho de 2009

Balanço de Leituras do Desafio 50 Livros 2009

O Desafio 50 Livros 2009 não acabou. Tem gente que desanimou e está se cobrando a leitura. Não é para ser uma tortura, pessoal. O Desafio é pelo prazer de ler. Cada um tem seu tempo. Mas, não vamos desistir. Vamos adiante. Um dia aparece uma leitura interessante, no outro dia não, depois mais outro livro legal e por aí vai. O Desafio 50 Livros 2009 é um momento de recreio do leitor com ele mesmo. É uma oportunidade de conhecer uma outra história, um outro personagem, um outro continente, uma outra cultura. A pedido de Henry, que retornou ao mundo dos livros, vamos apresentar um primeiro balanço da mobilização para incentivo à leitura. Verifiquei blog a blog. Alguns participantes não disponibilizaram o número de livros lidos. Se por ventura eu tiver colocado o número errado de leituras em algum participante, por favor, comuniquem para eu consertar, combinado? Há participantes que não possuem blog - peço a estes que coloquem a informação como comentário neste post. Vamos lá:
"Entre Aspas" - não informado A Dona do Mundo - não informado BelladonaTuk - 12 livros Clube da Luluzinha - 21 livros Coisas Banais - 08 livros Confissões - não informado Diário de Henryhh - 09 livros Escreve, Ouve e Vê -15 livros Esquina do Desacato - não informado Fazedora de Artes - não informado Gavinhas da Alma - não informado Isso é Coisa de Lilly - 10 livros Lector in Fabula - 09 livros Mulher Elástica - 18 livros Máfia dos Pavões - não informado Ocaso do Acaso - não informado Palavras Partilhadas - 17 livros Pensamentos y otras cositas - não informado Poetriz - 06 livros Por Entre Letras - não informado Simplesmente Palavras - não informado Talhos e Retalhos - 06 livros Topografia de Interesses - não informado Unitas Multiplex - não informado Vida Cotidiana - 06 livros
Total de livros lidos: 137 livros
Parabéns a todos pelo empenho! Ainda temos 192 dias de leituras!
Vamos reagir e avançar ?

Isso é Coisa de Lilly indica seu 10º Livro de 2009

No entender de Bruno, sua vida era ótima em Berlim, onde vivia com os pais e a irmã de 12 anos, mas tudo mudou depois que o chefe do pai, que ele entendeu se chamar “Fúria” ( o Fuhrer, Adolf Hitler) foi jantar em sua casa. Poucos dias depois ele fica sabendo que terão que se mudar para um local chamado Haja Vista ( Awschwitz) onde o pai irá desenvolver um novo trabalho. Muito triste ele deixa para tras os amiguinhos e a escola, um sentimento compartilhado tambem por sua irmã Gretel, que ele chama de Caso Perdido. Assim que chega à nova moradia a primeira visão que Bruno tem da janela é de pessoas uniformizadas em pijamas listrados confinados por uma cerca. Sem saber exatamente a que se destina aquele local, as crianças vão se adaptando à nova rotina. Um dia Bruno resolveu explorar o campo e encontrou do outro lado da cerca, crianças e entre els, um menino chamado Shmuel. Os dois são da mesma idade, e Bruno tem certeza que a vida de Shmuel é mais alegre pois acha que alí ele tem amigos com quem brinca. Sem noção do que acontece ali, Bruno chega até a reclamar por estar morando em uma casa de 3 andares, em vez da casa de Berlim, que tinha 5 andares. Até nota que Shmuel tem fome, mas sempre que leva comida para o amigo, acaba comendo antes de entregar pois a distancia entre sua casa e a cerca é grande. Eu já li vários livros sobre o Holocausto, mas neste o escritor conseguiu passar a inocencia de um menino de 9 anos. Um livro fininho, escrito em letras grandes, a capa tem uma textura cuja intenção é exatamente toca-la e voltar sempre os olhos para ela, e as listras que a estampam são as do uniforme do judeus. (Texto de Lilly na íntegra)

Um blog para quem se identifica com as personagens de Joanne Harris

Joanne Harris é conhecida no Brasil principalmente pelo livro que foi adaptado para o cinema: Chocolate. Outros títulos foram traduzidos pelas editoras Record e Rocco : Cinco Quartos da Laranja, Vinho de Amoras, Os Sapatinhos Vermelhos, O Segredo das Marés, Os Saltimbancos Sagrados. Para quem adora suas personagens, sugiro uma visita ao blog de Rita Mello, que traz informações sobre todos os livros editados em língua portuguesa. Alguns não conhecemos no Brasil, já que foram editados em Portugal. Informação sobre os livros e autores que gostamos nunca é demais, não é mesmo ?

Marcador de Livro (1)

Achei este na www.suck.uk.com

O que há em comum entre Amélie Nothomb e Muriel Barbery ?

Muriel Barbery
Amélie Nothomb
A resposta é: Japão. Amélie é uma belga nascida no Japão e escreveu um livro bárbaro chamado Medo e Submissão, publicado pela Record, sobre uma jovem ocidental que se emprega numa empresa japonesa tradicional. Excelente leitura, recomendo. Muriel atualmente mora no Japão. Como gosta da cultura japonesa, sempre traz referências em seus livros, principalmente sobre cinema, gastronomia e modo de vida. Muriel é francesa. Recomendo a leitura dos livros A Elegância do Ouriço e A Morte do Gourmet, ambos publicados pela Companhia das Letras. Visitem também o site da Muriel, é muito bom!

21 de junho de 2009

Talhos e Retalhos indica seu 5º livro de 2009

Ao começar a ler Longe Daqui de Amy Bloom lembrei-me do fim do filme "Um Violinista no Telhado" (1971), ambos sobre a história da perseguição judaica pelo governo russo. Nos mostra que o preconceito e perseguição por essa religião extravasou os limites do holocausto. O filme é interessante pelo conhecimento do valor da tradição judaíca no leste europeu. Mas, o fim do filme é o começo da história de Lillian Leyb, que escapa para os Estados Unidos, após ver sua família morta em um pogrom na Rússia. As obras relatam esses momentos de destruição contra as comunidades judias, que se iniciou no século XIX e ainda caminhou para o século XX. E então, sobre o movimento de emigração para o Novo Mundo. Longe Daqui é o começo duro da vida de Lillian Leyb em Nova York, que possui um turno para dormir em sua cama, ao lado de uma mulher que não é sua amiga, das dificuldades da língua e do preservar de sua religião e presença dos amantes que são os seus chefes. De uma vida comum, seguindo os seus moldes tradicionais, ela se vê em uma condição bem adversa, mas sob uma certa nuvem de esperança frente aos pesadelos sobre os assassinatos que presenciou. Mas, o livro de Amy Bloom divide-se em duas partes, todas de mudanças, sejam pelos lugares, sejam pelos sentimentos e esperanças. Pois Lillian retorna à sua terra natal, quando descobre que a filha não foi assassinada. Assim, de uma vida que poderia já estar estável em Nova York, a terra das oportunidades para tantos migrantes, ela parte em uma jornada de retorno para a sua menina Sophie. Além das terras americanas e ao longo da vastidão branca do Alasca e da Sibéria.
Em que essas duas terras rodeadas por gelo poderiam ser diferentes para Lillian? *** + A Editora Nova Fronteira disponibilizou um site bem estruturado sobre o livro, não só para a sua divulgação, mas também com a possibilidade de leitura do primeiro capítulo. E ainda, deixo aqui o meu agradecimento à Natasha Cassar pela delicadeza em me sugerir este livro.
(Texto de Keila Vieira na íntegra)

Livros para ver...

Taschen - Série Icons Style.
Uma delícia para os olhos.

20 de junho de 2009

Nasrudin

A Caravana de Livros, de Felipe Varella, acaba de lançar seu primeiro livro: Nasrudin - 99 Contos, com seleção feita pelo próprio Felipe. A Caravana de Livros construiu ao longos desses anos a sua história, divulgando livros das editoras Attar, Dervish, Odysseus, Palas Athena, entre outras. Eu conheci os poemas de Rumi no livro Poemas Místicos, editado pela Attar - uma beleza! A Caravana, para mim, sempre foi uma viagem pela cultura do oriente. Obrigada, Felipe, por trazer ao leitor essa cultura milenar e fantástica. Parabéns para a Editora Caravana de Livros! O blog Lectro in Fabula deseja muito sucesso!

19 de junho de 2009

A FLIP na Timbre

Sabe onde eu encontro os livros dos autores que estarão na FLIP 2009? Na Livraria Timbre. A Kiki já arrumou a loja toda para os clientes que não poderão ir à Paraty. O que vocês estão esperando?

Leituras para o Bem -Estar

18 de junho de 2009

Um Leão Chamado Christian

Adoro leões. Recebi de uma amiga um link para assistir o vídeo sobre um leão reintegrado à natureza. Hoje, vi que Um Leão Chamado Christian, editado pela Nova Fronteira, chegou às livrarias - o máximo da delicadeza. O livro é sobre este filhote de leão que, no fim da década de 60, era exibido para venda na vitrine da Harrods de Londres. Um absurdo, não? Direito dos animais para quê ? Essa história me lembrou o filme Elza. Acabei descobrindo que um dos filhotes que aparece no livro é justamente o retratado pelo filme Elza. Um Leão Chamado Christian já está na minha pilha.

Livraria é tudo !

Fiquei esses dias todos sem frequentar livraria. O organismo viciado não aguentou a abstinência. Fui para a Gávea e matei as saudades da Timbre People e dos livros. Uma beleza me refastelar nas mesas e prateleiras nesse mundão de lançamentos. Eu eu não estou brincando não. Pára para pensar: a gente fica emparedada em nossos escritórios, grudada na tela do computador, pensando no business dos outros. Chega uma hora que não dá...precisa soltar a mente e levá-la para passear. A gente precisa ir até uma livraria, uma praia, uma biblioteca, uma universidade, um museu. A mente precisa de recreio, pois pensar demais enlouquece.

16 de junho de 2009

Programação da Flipinha 2009

Para aquele que estão fazendo as malas para a Flip, não esqueçam da Flipinha. Confiram a programação clicando aqui.

15 de junho de 2009

Chanel para Crianças

Uma leitura graciosa.
Diferente como Chanel, de Elizabeth Matthews.
Da editora Cosac&Naify, claro!

Livros que falam de livros

A editora Casa da Palavra é uma das especialistas em publicar livros que falam de livros. Você poderá encontrá-los nas melhores livrarias.

11 de junho de 2009

Livraria Timbre

Sempre pronta para bem receber seus leitores. Kiki e Rô, obrigada pelas dicas de sempre. Para toda a equipe - Francisco, Jana, João, Rúbia - vocês são 10 !

Bom Feriado para Todos e Todas !

Malas arrumadas. Hoje pego a estrada. Ficam as dicas do Lector in Fabula. Eu vou de Casamento à Italiana - que começa com uma receita de Berinjela à Parmeggiana, que eu vou experimentar. Para quem se aventurar no mundo da leitura e quiser outras dicas, não se acanhe, saia de casa, faça um passeio e visite a Livraria Timbre, no Shopping da Gávea. A equipe lá é nota 1.000. Você não sairá de lá sem um bom livro para ler. Até a volta e boas leituras!

Mais Dicas para o Feriado de Corpus Christi

O clássico de Melville entre as novidades que chegaram ao mercado brasileiro nos últimos 20 dias e que ainda não foram comentadas pelos suplementos literários. Vocês sabem onde encontros todos...na Livraria Timbre, claro! Não perca tempo. Aproveite o feriado e faça o tempo para você...lendo!

10 de junho de 2009

Ruberto Palazo, do blog Máfia dos Pavões, indica a leitura de Gangster Americano e outras Histórias de Nova York

O livro de Jacobson é um desfile de transeuntes de Nova York e suas inúmeras histórias. Como Robert McCorkle e seu filme amador de zumbis, o padre Zlatko Sudac e as estranhas chagas, Hilary, Bill, Rudolf Giuliani e tantos anônimos com suas crenças a respeito da conspiração de 11/9. O indescritível Mark Zero arriscando sua vida para salvar parte de sua obra que sumiria com o desabamento de um prédio, do antigo jornal Village Voice, a frota de táxis noturnos dirigidas por artistas em busca de espaço e dinheiro, o cafetão Jason Itzler e a mulher de 2 mil dólares por hora, O sofá mais confortável de Nova York, Frank Lucas e Richie Roberts além de tantos outros e até mesmo do próprio escritor que vive cada uma dessas histórias que ele mesmo relata.
Um verdadeiro convite para passear pelas ruas e conhecer os personagens dessa cidade mágica, chamada Nova York.
(Texto de Ruperto Palazo, do blog Máfia dos Pavões, na íntegra)

Serafina

Lector in Fabula recomenda a leitura de Serafina, revista da Folha de São Paulo, que traz na edição de maio Woody Allen na capa. Serafina trata de literatura, cinema, artes plásticas, fotografia, filosofia. Não perca!

8 de junho de 2009

Dica de Leitura para o Feriado (1)

Adoro Muriel Barbery, mas nem todos os leitores possuem fôlego para ler seu primeiro romance publicado no Brasil: A Elegância do Ouriço. Como costumo dizer, nem todos os autores têm a chave para a fechadura de todos os leitores. Eu adorei e recomendei. Assim sendo, uma das dicas de leitura para o feriado de Corpus Christi é o romance de estréia de Muriel, A Morte do Gourmet, que traz o personagem, um crítico de gastronomia, que morre no romance seguinte. Adoro personagens que estão num livro e passeiam em outros. Chegou às livrarias na sexta-feira passada. Aproveite o feriado e conheça este personagem. Sendo ousado, caro leitor, leia A Elegância do Ouriço.

Lector in Fabula indica Para Sempre Alice

A última página de alguns livros da minha vida é a mais difícil de virar. É como se de repente o livro dissesse a você: "Acabou a viagem, amiga, desça do trem". E a gente resistisse a saltar, mesmo sabendo que não há mais trilho para percorrer. Abandonada, esquecida, separada - mas com a missão cumprida. Acabo de passar por este abandono com Para Sempre Alice. Mas, a felicidade reside e emerge de dentro de mim com a rememoração das vivências passadas durante a leitura e que me emocionaram e tocaram profundamente. O livro é bem escrito, bem editado, bem traduzido. Não há furos. É um livro honesto e puro, que transmite sua mensagem sem intermediários. Alice nos fala diretamente. Percebi, neste último final de semana, que este livro é um livro do boca-a-boca, ou seja, os leitores estão indicando uns aos outros - ele cumpriu, também, a sua missão. Como disse antes, este é um livro para a vida. É um livro que fala sobre a dignidade humana diante do esgarçamento da mente. Ao mesmo tempo, à luz de uma leitura budista, eu diria que o livro remete à transitoriedade da vida. Convido todos os leitores a conhecer Alice.
"Estou perdendo meus ontens. Se vocês me perguntassem o que fiz ontem, o que aconteceu, o que vi, senti e ouvi, eu teria muita dificuldade para fornecer detalhes. Talvez acertasse alguns palpites. Sou excelente em matéria de palpites. Mas a realidade é que não sei. Não me lembro de ontem nem do ontem antes dele. E não tenho nenhum controle sobre os ontens que conservo e os que são apagados. Não há como negociar com esta doença. Não posso oferecer a ela os nomes dos presidentes dos Estados Unidos em troca dos nomes dos meus filhos. Não posso lhe dar os nomes das capitais dos estados e conservar as lembranças do meu marido." (p.239)

Feriado à Vista (1)

Já estou fazendo a mochila para viajar. É claro, não pode faltar pelo menos um livro - eu sempre carrego mais. Até quarta-feira, Lector in Fabula publica as Dicas para o Feriado.

7 de junho de 2009

6 de junho de 2009

Dicas de Carola

Chegou-me nesta sexta-feira, dia 5 de junho, as Dicas de Carola, tia da minha querida Rita Braune. Carola me enviou o Guia da Folha - o que há de melhor em livros, discos e filmes:78 dicas. Uma das 78 dicas é Pássaros do Amor e da Sorte, que indicamos aqui anteriormente. Bom, né, sabermos que estamos alinhados com o que há de mais interessante no círculo dos livros. Obrigada, Carola! Obrigada, Rita! Então, pessoal, aproveitem as dicas!

Lector in Fabula indica sempre a leitura do The New York Times

Lector in Fabula sempre indica a leitura da lista dos mais vendidos e as resenhas do The New York Times. Quer saber o que chegará ao Brasil? Sintonize-se com o The New York Times Books.

3 de junho de 2009

Capas Interessantes (1)

Fragmento de Alice

- Alice, isso tudo está fazendo sentido para você? - perguntou a orientadora.
Embora o texto legitimasse a pergunta, Alice ressentiu-se dela e vislumbrou o texto oculto de conversas futuras. Será que ela era suficientemente competente para compreender o que se dizia? Será que estava com o cérebro danificado e confuso demais para admiti-lo? Ela sempre fora tratada com grande respeito. Se sua superioridade intelectual fosse cada vez mais substituída pela doença mental, o que viria a substituir esse grande respeito? Pena? Condescendência? Constrangimento?
- Está - respondeu.
(p. 85 - se quiser ler um capítulo, clique na imagem)