29 de outubro de 2009

Zandali, do Clube da Luluzinha, indica seu 29º Livro de 2009

E o Desafio 50 Livros 2009 continua...

"Conhece-te a ti próprio e ao teu adversário e em cem batalhas vencerás cem; Se te conheceres mas não conheceres o teu adversário, em cem batalhas vencerás cinquenta; Se não te conheceres nem conheceres o teu adversário, em cem batalhas não vencerás nem uma."

(Sun Tzu)

Sun Tzu (544 - 496 aC) é considerado o maior estrategista militar de todos os tempos. Filósofo, apontado como um dos primeiros realistas da ciências políticas. Não existem muitos registros sobre Sun Tzu nem uma biografia linear, são encontradas apenas narrações de fatos de sua vida, porém a obraArte da Guerra, cujo texto é claro e objetivo, perdurou e está a cada dia se firmando como leitura obrigatória. Estratégia de guerra? Obrigatória? Acredita-se que o livro tenha sido usado por diversos estrategistas militares através da história como Napoleão e Hitler. "Embora as táticas bélicas tenham mudado desde a época de Sun Tzu, esse tratado teria influenciado, segundo aEnciclopédia Britânica, certos estrategistas modernos como Mao Tsé-Tung, em sua luta contra os japoneses e os chineses nacionalistas." (fonte: wikipédia) É fato: a obra é considerada uma metáfora para o mundo dos negócios, lida por políticos, economistas e principalmente administradores! Há várias edições, desde as de bolso até luxuosas e comentadas. E por experiência própria: ela serve até para refletir sobre nossas posturas e atitudes a respeito da vida! Modismo mas indicado! rs... Boa leitura!

(Texto de Zandali na íntegra)

28 de outubro de 2009

Nunca tinha pensado nesse tipo de coisa

Patricia Baldarelli, do blog Crescendo Novas Idéias, está divulgando essa espécie de desafio, enigma, brincadeira, puzzle:
1-AGARRAR O LIVRO MAIS PRÓXIMO.
2-ABRIR NA PÁGINA 161.
3-PROCURAR O QUINTO PARÁGRAFO.
4-COLOCAR NO BLOG, E FALAR UM POUQUINHO SOBRE ELE.
5-NÃO ESCOLHER O MELHOR PARÁGRAFO, NEM O MELHOR LIVRO!
6-PASSAR O DESAFIO PARA ALGUMAS PESSOAS.
Então, vamos escolher um livro e tentar a brincadeira?
Fonte: Blog Crescendo Novas Idéias e Casas Possíveis.

27 de outubro de 2009

Excelentes Títulos (1)

Dar títulos, na minha opinião, é um talento raro. Como num toque de mágica, palavras saem da boca, ou da cabeça, aninham-se no papel, imprimindo no mundo uma marca. É sempre um prazer encontrar títulos com sonoridade, com graça, com leveza ou que nos remeta a imediata visão da realidade. É o caso destes dois livros que chegaram recentemente à livraria. Uma brincadeira, juntar títulos ou fragmentos de diferentes textos para criar histórias. Algo do tipo "após chamar a polícia, vou assaltar a geladeira" - uma piadinha infame!

26 de outubro de 2009

Sempre Além, Sempre José Saramago

António Machado escreveu aquilo do "Caminante no hay camino / Se hace camino al andar". É o que estamos a tentar: andar e fazer caminho, fazer caminho e andar. A jornada será longa, mas não desanimaremos. Em cada dia chegaremos, em cada dia partiremos. Mais além, sempre mais além.
José Saramago
Breve Biografia de Saramago pela editora Companhia das Letras
José Saramago nasceu em 1922, de uma família de camponeses da província do Ribatejo, em Portugal. Exerceu diversas profissões - como serralheiro, desenhista, funcionário público e jornalista - antes de se dedicar só à literatura. Prêmio Nobel em 1998, é autor de algumas das obras mais relevantes do romance contemporâneo, como O Evangelho segundo Jesus Cristo e Ensaio sobre a cegueira, ambos lançados pela Companhia das Letras, que publicou outros 23 títulos do escritor. Saramago atualmente vive entre Lanzarote, uma ilha nas Canárias, e Lisboa.
Clique aqui e leia sobre Caim, o novo romance de Saramago.

A Biblioteca mais Linda do Mundo

Essa é a Biblioteca da Ilha do Araújo, montada pela comunidade do Seu Almir. Não é uma beleza saber que pelo Brasil afora as pessoas estão se mobilizando para não deixar o hábito de ler morrer? A Ilha do Araújo fica em Paraty, Litoral do Rio de Janeiro. As fotos foram enviadas para a Kiki, da Livraria Timbre, pela Profa. Margarida de Souza Neves, a Guida. Nas palavras de Guida, essa é a Biblioteca mais Linda do Mundo. E é mesmo! Reparem na estante de livros - é um barquinho na vertical, num mar de livros e histórias. A próxima missão do Lector in Fabula será saber como a biblioteca foi montada, se precisa de doações, etc. O que vocês acham?

24 de outubro de 2009

Herta Muller

Estava esgotado, mas a nova edição de O Compromisso foi feita pela Editora Globo e já é possível ler Herta Muller, Prêmio Nobel de Literatura de 2009.

23 de outubro de 2009

Romance Leve, mas de alta qualidade, para o weekend

Texto da Editora:
Martina é o exemplo de mulher singular. Durante toda sua vida esteve sob o olhar inquisidor dos habitantes de Vertova. Sua morte súbita, à véspera do Natal, provocará uma grande comoção na família, e será a mãe Vienna quem desvendará os segredos mais íntimos dessa mulher tão enigmática. Por meio de seu relato, descobriremos que afinal elas têm mais em comum do que pensavam: são mulheres sedutoras e independentes, que amaram e se deixaram amar, e que decidiram, sobretudo, enfrentar os moldes sociais em prol de um bem maior – a maternidade.
Sveva Casati Modignani é um dos nomes mais populares da ficção italiana contemporânea. Com mais de 10 milhões de exemplares vendidos, é autora de quase 20 romances, publicados em 13 países. Muitos de seus livros deram origem a filmes e séries televisivas de sucesso.
Observação do Lector in Fabula: Este romance me lembra Casa Rossa, de Francesca Marciano. A Kiki me emprestou livro, há muito tempo atrás. Nossa, leitura maravilhosa. Passei a indicá-lo para outras pessoas. Todos gostam. Sinto o cheiro de boa leitura no caso de Feminino Singular!

22 de outubro de 2009

Zandali, do Clube da Luluzinha, indica a leitura de ...

Brincar com as palavras... esta é a idéia do livro É isso ali de José Paulo Paes; e como o próprio autor define: um livro de poemas adulto-infanto-juvenis!Das letras do alfabeto a histórias de terror, tudo é poema!Compartilho minhas pesquisas com vocês! Quem sabe possa inspirar uma aula diferente! Boa brincadeira!E feliz dia do professor!!!

"O seu fazer literário manifesta-se na articulação criativa dos planos fonológico, morfológico, sintático e semântico. A palavra é manipulada com mestria, assumindo a forma pretendida pelo talento do autor, submetendo-se docilmente, gerando as variações infinitas do jogo verbal que encanta e seduz." Maria Teresa Gonçalves Pereira (UERJ)

Clique aqui e tenha acesso ao material pedagógico, incluindo atividades para sala de aula, da Editora Moderna.

21 de outubro de 2009

Tania Capel, do Clube da Luluzinha, indica seu 24º Livro do Ano

Em Na Pele de um Dalit, o jornalista francês Marc Boulet faz um relato de sua experiência, quando ficou, durante várias semanas, infiltrado no grupo social mais discriminado da Índia. Para que seu personagem fosse convincente, Marc estudou os costumes do povo, aprendeu o idioma hindi e metamorfoseou-se em um nativo: cabelo despenteado, roupa velha e pele escurecida com tintura para cabelo e nitrato de prata. Sob o nome de Ram Munda, Marc sentiu na pele o que é viver no grau mais baixo de miséria. Durante o período em que esteve misturado aos intocáveis de Benares, ele mendigou, compartilhou sua condição de vida e sofreu as mesmas humilhações. O que me atraiu nesse livro foi a coragem do jornalista/ator criar um personagem e vivê-lo integralmente, sentindo na pele sua pesquisa. Me encantei com a proposta. Comprei o livro! Não gostei muito da linguagem do jornalista e a tradução também não é nota 10... mas, indico a leitura que é impactante! O trabalho de Marc Boulet também é louvável... se o texto não está bem escrito, ele está bem vivido! Bom refletir sobre outras sociedades e ver como, apesar de todas as críticas, construimos igualdade e respeito! Viva nossa cultura brasileiríssima!!

19 de outubro de 2009

Twitter - Uma revolução em 140 caracteres

"Nosso serviço é aquele tipo de coisa de que ninguém sabia que precisava até começar a usá-lo"
Mantido o atual ritmo de crescimento, o que se pode prever sobre o futuro imediato das redes sociais?
O mundo terá mais mobilidade devido ao acesso móvel à internet. Hoje, 4 bilhões de pessoas têm celular, mas apenas 1,5 bilhão dispõem de acesso à internet. Daqui a alguns anos, qualquer pessoa, independentemente da idade e do local onde viva, participará de redes sociais e usará ferramentas como o Twitter. Acho que haverá uma integração entre as redes sociais, em decorrência não apenas da evolução da tecnologia, mas da vontade das pessoas.
Clique aqui e leia a entrevista na íntegra.

Paula Silva, do blog Palavras Partilhadas recomenda seu 34º livro de 2009

Foi com Paula Silva, do blog português Palavras Partilhadas, que iniciamos a jornada do Desafio 50 Livros 2009, que sem sombra de dúvida continuará em 2010. Como digo e repito, o Desafio 50 Livros 2009 da Confraria dos 50 e seus componentes é, na verdade, o desafio contemporâneo de reservar um tempo para a leitura, um tempo para si. É o momento reservado para leitura e reflexão da nossa vida. Impossível ler um livro sem que este atravesse a sua vida de forma marcante. Escritores são seres humanos, de carne e osso. De sangue e lágrimas são os livros, que guardam a existência de cada ser que o escreveu. Continuamos o desafio, cada qual no seu ritmo. O mais importante é não desistir.
Abaixo, reproduzimos o post de Paula Silva sobre o livro do escritor japonês Haruki Murakami, Os Passageiros da Noite. No Brasil, este livro tem o título Após o Anoitecer, editado pela Objetiva-Alfaguara.
Texto de Paula Silva na íntegra - Li Os Passageiros da Noite de Haruki Murakami e ...
Uma vez mais, adorei este livro de Haruki Murakami, cuja escrita viciante prende-nos incondicionalmente ao percurso de um conjunto de personagens que se vão conhecendo ao longo da madrugada e que, apesar de inicialmente pouco ou nada terem a ver umas com as outras, acabam por partilhar um acontecimento comum. Mari. A protagonista. Eri. A irmã. Uma cidade-polvo. Tóquio. A noite. Os gatos. A música. O jazz. A mulher que dorme há dois meses. A noção de que o chão sol que todos pisamos pode desaparecer a qualquer momento. A melancolia de algo que se perdeu porque nunca se chegou a encontrar. O silêncio da noite ... E é precisamente a simbiose entre os nossos dias e as nossas noites que nos faz sentir um pouco mais humanos, mais reais, porque no fundo todos somos passageiros ... de uma ou outra realidade ! ;)

18 de outubro de 2009

Indicação dos Leitores

Marie Loupe, do blog Rio de Janeiro Daily Photo, nos enviou a recomendação de dois blogs muito interessantes. A primeira é o Pó dos Livros, de Portugal, que traz novidades sobre acontecimentos do mercado editorial, por exemplo, a máquina de vender livros que o grupo editorial Leya instalou em Lisboa - gente, leiam o post, é muito bom!
A segunda recomendação é o blog 52 Books in 52 Weeks - gente, esse blog é irmão do Lector in Fabula, temos as mesmas propostas, desafios, metas. Não é bárbaro sentir a sintonia do mundo? Nada posso dizer, a não ser recomendar a visita para conhecermos novos autores e livros do outro lado do Atlântico.
Lector in Fabula agradece a delicadeza de Marie em compartilhar suas descobertas no mundo internáutico. Isso é trabalho coletivo, isso é crowdsourcing.

17 de outubro de 2009

Geração Y no Brasil

Encontrei hoje na vitrine da Timbre o livro da cubana Yoani Sánchez, blogueira cubana que no blog Generación Y fala sobre o cotidiano em Cuba. A declaração "Convido quem vê Cuba como um exemplo a vir para cá, sentir na pele como vivemos" quebra o paradigma utópico revolucionário. Recomendo a leitura das Página Amarelas da Veja da edição de 7 de Outubro. Meu exemplar do De Cuba com Carinho já está separado para leitura!

Ruberto Palazo indica A Chuva Antes de Cair

Publicado originalmente no Blog do Meia Palavra]
Passeando por uma livraria este livro chamou minha atenção, tanto pelo título assim como pelo nome do autor que não me era estranho. A orelha do livro foi meu primeiro destino, “a derradeira tarefa da vida de Rosamond é descrever uma série de 20 fotografias que, juntas, contam um trágico passado familiar”. Após essa frase meus dedos correram as páginas do livro em busca das fotografias, porém para minha surpresa nenhuma foi encontrada. Então voltei a orelha, “Rosamond está prestes a morrer e volta seus pensamentos para a neta de uma prima, Imogen, que ainda criança ficou cega”. A falta das fotos foi esclarecida, e minha curiosidade levou-me a descobrir a história do livro de Jonathan Coe. Tudo começa com a morte de Rosamond. Ela não tinha filhos, sua companheira Ruth havia morrido há algum tempo e sua irmã Sylvia também estava morta. De modo que ela deixou a herança para três pessoas. Seus sobrinhos David e Gill receberiam um terço da herança cada um. A terceira parte era destinada a Imogen, a neta de uma prima de Rosamond, e que há muito não se tinha noticias. Gill ficou encarregada de encontrar Imogen, porém ao visitar a casa de Rosamond para buscar algumas coisas encontrou um microfone ligado a um velho gravador, algumas fotos jogadas, quatro caixinhas de fitas cassetes enumeradas e um bilhete: “Gill, são para Imogen. Se não conseguir encontrá-la, ouça-as você mesma”. Ela, as filhas e eu “ouvimos” as quatro fitas, e o transcorrer da história contada por Rosamond através de 20 fotografias cuidadosamente escolhidas. Confesso que imaginar cada uma das fotos foi um exercício muito interessante, uma vez que a narradora preenche com detalhes mínimos cada foto e vamos construindo-as na nossa cabeça. Além dos detalhes, as fotos ganham movimento, cores, fatos, personagens, nomes, datas e revelações que preenchem pouco a pouco a história. Que ganha um charme especial da narradora, que deixa transparecer a emoção em cada foto, além de dar uma pitada de suas opiniões sobre cortes de cabelo, roupas e devaneios sobre certos fatos do próprio passado inclusos em cada foto. Algumas percepções de Rosamond recaem sobre cada leitor, e nos fazem pensar nas fotos que compõem nosso passado. Por que fotos, de alguma forma, retratam nosso passado. Rosamond indaga a certa altura o fato de todos sorrirem nas fotografias, e por este motivo não podermos confiar nelas. Mas talvez o sorriso seja por que queremos guardar bons momentos, e somente os bons momentos. O fato é que o romance vai além das revelações intrínsecas a cada foto, e do fluxo emocionante que nos prende até o final. Criamos uma relação intima com Rosamond, e tentamos registrar a felicidade no momento exato em que ela está se formando, como a chuva antes de cair.

15 de outubro de 2009

Direto da Feira de Frankfurt

Quer saber quem são os famosos que estão circulando em Frankfurt 2009 ou o que está acontecendo de mais importante? O Podcast da Feira de Frankfurt elege o “Topic of the Day” [Assunto do dia] e fala sobre ele. O do dia 13, por exemplo, comenta sobre tecnologia. Já a edição desta quarta-feira, 14/10, apresenta impressões sobre a Conferência Tools of Change (TOC) Frankfurt. Outro caminho virtual bem legal é o blog da Feira, que traz informações sempre atualizadas, mas não permite seus comentários. Então, pra quem gosta de uma discussão, tem a que rola desde antes da abertura do evento por causa da China ser o convidado de honra. A Frankfurt Book Fair fez uma parceria com o jornal alemão Taz para uma discussão aberta sobre isso. Em News Ticker China estão alguns artigos traduzidos em inglês. A discussão original é em alemão e rola no www.buchmesse.taz.de. E pra quem quiser dar uma espiada em imagens da Feira, a dica é a sala de imprensa virtual do site do evento – que é aberta a qualquer internauta. E tem ainda, pra quem está na Feira ou acompanhando de longe, o site para mobile, desenvolvido especialmente pra iPhone, Blackberry e Android OS: http://m.book-fair.com, com catálogo, informações gerais e o mapa da Feira.
Fonte: PublishNews

13 de outubro de 2009

Herta Muller no The New York Times

É hora de ler a vencedora do Nobel de Literatura de 2009, a escritora alemã Herta Muller. No Brasil, Herta teve o livro O Compromisso publicado pela Editora Globo. Para conhecer mais Herta, recomendamos a matéria do The New York Times. Clique aqui!

7 de outubro de 2009

A Costureira e o Cangaceiro

Outro dia estava na livraria e senti-me atraída pelo título deste livro. A autora é completamente desconhecida para mim. Abri as primeiras páginas para saber do que se tratava o romance. Impressionante como a narrativa de Frances envolve - eu estava resolvida a ler somente uma orelha, quando vi, já tinha lido 5 páginas. Pousei o livro de volta na mesa. No dia seguinte, a mesma coisa...mais 5 páginas. Não houve remédio, a não ser trazer o livro comigo. Eu, Frances, as costureiras, os cangaceiros e o Brasil, todos numa aventura mágica. Não é à toa que este romance já é ganhador de 2 prêmios estrangeiros. Há muito tempo não encontro este tipo de literatura, os últimos foram Memorial de Maria Moura, da minha querida e saudosa Rachel de Queiroz; e A Doce Canção de Caetana, da minha xará Nélida Piñon. Falta aos escritores brasileiros fôlego para escrever romances, desses que a gente vira a página doida para saber o que virá em seguida. Parabéns à Editora Nova Fronteira que traduziu o livro e parabéns à Izabel Aleixo por ter apresentado Frances de Pontes Peebles para o público brasileiro. A tradução ficou por conta de Maria Helena Rouanet - bárbara! Infelizmente, ainda não saiu resenha alguma nos suplementos literários. Os críticos não sabem o que estão perdendo. Pelo menos os leitores do Lector in Fabula irão conhecer! Gente, não deixe para depois, aproveitem o feriado e se encantem com este livro! Eu já estou completamente encantada.

5 de outubro de 2009

A Capa mais Bonita

Esta edição de Moby Dick, da Cosac&Naify, ganhou o Prêmio Jabuti 2009 de Melhor Capa. Merecido, concordam? Não só a capa, mas a edição é um luxo só. Depois da Cosac&Naify, o mercado editorial brasileiro nunca mais foi o mesmo. A editora elevou o nível gráfico do livro a patamar de arte.

4 de outubro de 2009

Dia Mundial dos Animais

Eles são os melhores companheiros das pessoas e dos livros.
Se deseja adotar um companheiro, recomendamos a SUIPA.
Viva 4 de Outubro !

As Poderosas Rainhas : o 15º Livro de 2009

(clique na foto e assista o vídeo da autora - em inglês)
Eu sempre tive uma grande curiosidade sobre as pessoas e sempre me senti atraída por histórias que exploram a realidade da vida das pessoas. Um dos prazeres de ser uma colunista que dá conselhos é que posso perceber detalhes importantes da condição humana - Amy Dickinson
The Mighty Queens of Freeville: a Mother, a Daughter and the Town that Raised them, da jornalista americana Amy Dickinson teve seu título traduzido para As Poderosas Rainhas - Um Romance sobre a Solidariedade Feminina, pela Ediouro. Amy Dickinson escreve uma das colunas mais lidas dos Estados Unidos, chamada Ask Amy - não é à toa, posso garantir. No romance, que conta como sua família foi o suporte para o crescimento e transformação de vida, "assistimos", pois parece um filme, as cenas da vida de Amy. Isso me lembra as séries de TV que asisstia na minha infância, por exemplo, Mary Tyller Moore; Família DoReMi; A Feiticeira; Casal 20; Os Waltons; Dalas; Malu Mulher. Outra lembrança é a do filme Colcha de Retalhos, que tem no elenco Wynona Ryder, Anne Bancroft, Kate Capshaw, Maya Angelou, lembram? Amy não dá conselhos, simplesmemte conta a sua história, que poderia ser a minha ou a sua. Ela compartilha sua vida, da qual podemos tirar conclusões para a nossa, por exemplo, diante das adversidades, um pouco de humor não faz mal, ao contrário.
O livro esteve na lista dos mais vendidos do The New York Times no ano de 2009, ou seja, sua publicação é recentíssima. Para enriquecer, recomendo a leitura da entrevista, publicada no hotsite do livro.
A mensagem que eu quero passar com este livro é que estamos no nosso melhor quando nos conectamos positivamente com as pessoas em nossas vidas. Quero que as pessoas encontrem as poderosas rainhas (e reis!!!) em suas vidas, para comemorar com eles, e se relacionar com gratidão e alegria, ou, pelo menos, bom humor - Amy Dickinson
Lector in Fabula agradece Marina Braune, Marília Coelho, Lisa Curvello e Rita Braune pelas informações sobre as séries de TV mencionadas no post.

Bandeja para Leitura

Bandeja criada pelo coreano Yu-Hun Kim, feita em acrílico transparente, permitindo que livros, revistas e jornais possam ser lidos enquanto fazemos um lanchinho. Idéia que pode ser replicada por aqui.

3 de outubro de 2009

Lector in Fabula apresenta o blog Esvaziando a Prateleira

Nesta semana tive a grata surpresa de conhecer o blog Esvaziando a Prateleira. Uma peculiaridade do blog: a gestão do conteúdo é feita por uma estudante e leitora de francês. As indicações de leitura são bárbaras, confiram! No Desafio 50 Livros 2009, o blog Esvaziando a Prateleira está bem na fita: 45 livros já lidos! Lector in Fabula dá boas vindas ao novo integrante da Confraria dos 50 !